Iced Earth é uma banda de power metal com traços de thrash/heavy tradicional, fundado pelo guitarrista Jon Schaffer, que é o único membro original no line-up atual. O guitarrista ainda escreve as músicas, com temáticas como um álbum temático sobre o Spawn (The Dark Saga, um dos álbuns mais famosos da banda), horror show. É interessante citar como curiosidade, que o vocalista mais marcante da banda, Matthew Barlow saiu da banda em 2001, inconformado pelo ataque terrorista de 11 de setembro e decidiu ser policial. Voltou a banda anos depois e saiu definitivamente com um show na Alemanha, dedicando mais tempo à sua família.

Ano:  2011

País:  EUA

Membros:

Stu Block – Vocal
Jon Schaffer – Guitarra base, acústica e backing vocals
Troy Seele – Guitarra solo
Freddie Vidales – Baixo e backing vocals
Brent Smedley – Bateria

Comentário:

“Dystopia” é o décimo segundo álbum da banda. Conversando com um amigo nas férias, caimos em uma questão interessante: as músicas da época do The Dark Saga sempre tinham um formato parecido, começava bem suave, com um dedilhado com efeito e de repente vinha um riff com influências thrash/heavy com as vozes agressivas de Matthew. Não sou muito conhecedor da discografia do Iced Earth e me perdoem os fãs da banda se falei algum absurdo. Baixei o álbum com a indicações de ter sido o melhor álbum de power metal de 2011, o que me espantou muito, pois houve, no estilo, muitos bons lançamentos. Mas enfim, não se deve levar esses rankings muito a sério. Entretanto a surpresa foi ótima, foi o álbum que mais gostei, a voz de Stu Block me agradou muito, com aqueles agudos bem à la Tim Ripper, que também passou pela banda. A voz de Block segue a linha de Barlow, mas em minha opinião deram mais vida às músicas. A faixa-título “Dystopia” é um daqueles sons que só se ouve uma vez por ano algo novo desse nível, intro excelente, refrão excelente, ingredientes essenciais para uma música grudenta fazer sucesso. Além de tudo, o que admirei bastante foi esse esterótipo que discuti com meu amigo ter sumido completamente da minha cabeça, o álbum é equilibrado e nada enjoativo.

1. Dystopia
2. Anthem
3. Boiling Point
4. Anguish of Youth
5. V
6. Dark City
7. Equilibrium
8. Days Of Rage
9. End Of Innocence
10. Soylent Green
11. Iron Will
12. Tragedy And Triumph

Tamanho:  112 MB

Download