Sanna Dullaway é uma artista sueca que trabalha com restauração fotográfica. Fiquei encantando ao pensar nessa possibilidade de restaurar fotos marcantes do passado, seria como pra quem viu na época estar revivendo o momento. Podemos pensar: Ahh mas e as fotos coloridas hoje em dia? Não são já recordações? Não é esse ponto que eu estou tocando. O que acabo de dizer é alguns momentos ficaram marcados na história e não poderiam ter a mesma veracidade de hoje em dia, é como transportar a tecnologia pra antigamente, um trabalho admirável. Suas obras receberam críticas, as fotos clássicas, e a artista as fez por diversão. O Photoshop exigiu muito estudo de Sanna para interpretar os tons entre preto e branco para determinar cada cor, aproximando o máximo possível da realidade. Algumas fotos como a sátira do American Way of Life ou do budista tibetano queimado vivo como protesto ou da primeira negra a estudar num colégio de brancos são alguns ápices chocantes, que talvez devem ser alvos grandes dos críticos.

Monge que se queimou como protesto

Crítica ao American Way of Life

Primeira negra em uma escola para brancos

Che Guevara

Alfred Hittchcock

Anúncios