Título Original: The Thing

País:  EUA

Ano:  1982

Duração:  109 minutos

Gêneros:  Ficção Científica, Terror, Mistério, Suspense

Direção: John Carpenter

Roteiro:  Bill Lancaster, Dean Cundey, John W. Campbell Jr.

Elenco:

Kurt Russell
Keith David
David Clennon
Wilford Brimley

Formato: RMVB

Tamanho:  345 MB

Legendado:  Português

Download

Comentário:

Enigma de Outro Mundo, uma tradução que eu achei bem sacada, mais atraente que o nome original “The Thing”. John Carpenter, diretor do longa, é conhecido por seus filmes de ficção científica com terror, e The Thing é um dos seus maiores clássicos. Introduzindo a história com um fato chocante: um helicóptero perseguindo, buscando matar a qualquer custo um cão. Por quê? Eis um mistério que nos instiga. O clima denso de não sabermos os motivos, o que irá acontecer, começa a desaparecer quando o cão se transforma pela primeira vez em uma “coisa”. Que coisa é essa?  É o próximo passo. A busca por informações, de quem eram aqueles agentes noruegueses sobrevoando na neve para caçar um cachorro. Como havia cientistas e operários na base dos nossos heróis, a investigação se torna bem mais eficiente. Confesso que me assustei quando vi Kurt Russel numa película dessa combinação de gêneros, pois geralmente ele atua em filmes de ação, mas cumpriu razoavelmente bem sua parte. Com o processo de pesquisa, descobriu-se que se tratava de um ser extraterrestre com o poder de imitar fisicamente a vítima, logo após de morta. Com isso, a tensão toma conta de tudo. Há um ET e quer matar todas as pessoas para que sobreviva e vice-versa. Acredito que esse jogo psicológico de não poder confiar em ninguém influenciou filmes como “Caçadores de Mentes”, o qual o contexto apresentava a busca do assassino entre eles em um lugar com fuga quase impossível. Entretanto, a diferença se confirma com a constante mudança do suspeito, ou seja, o impostor agora pode ser um dos parceiros e um outro terem certeza que é humano, logo em seguida o alienígena matar e copiar o absolvido e dar as ordens para que procure em outra pessoa, gerando uma infinidade de possibilidades de fuga do ET. O que torna ainda mais tenso no ambiente é que não basta achar em qual corpo ele está e atear fogo nele, se seu corpo não for totalmente queimado ou destruído, uma célula apenas é capaz de se desenvolver e proliferar e conseguir um novo corpo para espalhar o medo por toda parte. Esse jogo de cão-e-gato gera muitos conflitos entre os operários e cientistas, quanto à forma de identificar em quem se encontra as células intrusas, já que a desconfiança, pondo as suas vidas em jogo, libera os instintos de sobrevivência em todos, alterando sua visão clara da realidade, deixando maior espaço para as emoções do momento. O clima de inverno rigoroso, deu um ar bem distinto, como se fosse uma ilha e não pudessem sair de lá, tendo que enfrentar aquela criatura terrível, sem alternativas. Não acredito na existência de seres fora da Terra, mas se tratando de uma ficção científica, foi um marco do cinema de terror dos anos 80. Para confirmar o sucesso, em 2011 foi lançado um remake, com a tradução original “A Coisa”.

 

Nota IMDB

Anúncios