Título Original:  La Dama y la Muerte

País:  Espanha

Ano:  2009

Duração:  8 minutos

Gêneros:  Curta, Animação e Comédia

Direção:  Javier Recio García

Roteiro:  Javier Recio García

Produtores: Antonio Banderas, Antonio Meliveo, Juan Molina, Manuel Sicilia, Marcelino Almansa

Sinopse:

Indicado ao Oscar 2010, “La Dama y La Muerte” é um curta espanhol, em 3Dm que mostra a disputa entre um médico e a morte por um valioso recipiente: a alma de uma senhora.

Comentário:

“A senhora e a morte” é um curta-metragem irresistivelmente engraçado, e que mais uma vez nos prova que, não precisamos de diálogos em filmes para entender o que é passado. A trilha sonora é muito linda, e acompanha exatamente o que acontece na história.

Lembrei-me da polêmica de que meu professor de biologia comentou em sala, dos médicos atrasarem, de certa forma, a evolução humana. Isso não é uma crítica ruim aos médicos, já vou avisando, e sim uma reflexão de que nós, seres humanos, temos compaixão e amor pelo próximo, por isso que, inicialmente cuidamos do outro e nos juntamos em equipes para conseguir realizar algo. Porém eu vejo médicos interferem na natureza por um ego próprio que eles mesmos alimentam. Porque em certas vezes nem importam-se de estar fazendo algo bom e solidário pelo outro, deixando de lado a essência de seu negócio.

Nesse curta, a velhinha quer morrer, mas o médico, quer que ela viva, porque assim seria idolatrado como um bom profissional. Porém este não sabe o que a velhinha quer, e ainda, interfere no ciclo natural das coisas. A velhinha morreu. Por que então tentar ressuscitá-la?

Um humor negro muito fino no momento em que, a velhinha vendo-se à mercê, comete suicídio.

Anúncios