Título Original:  Saw

País:  EUA

Ano:  2003

Duração:  9 minutos

Gêneros:  Curta, Suspense, Terror, Thriller

Direção:  James Wan

Roteiro:  Leigh Whannell

Elenco:

Paul Moder
Leigh Whannell

Comentário:

O nome Saw 0.5 é claro que foi adaptado depois, no Brasil, já que não sabiam que dariam uma franquia com 7 filmes. É interesante que o curta é uma apresentação, talvez uma divulgação do que planejavam James Wan e Leigh Whannell. Curiosidade que foi lançado o curta em 2003 e dai em diante todo ano lançava um outro longa-metragem (Saw 2004, Saw II 2005, Saw III 2006, Saw IV 2007, Saw V 2008, Saw VI 2009, Saw 3D 2010). A história apresenta todos elementos que veremos postumamente na franquia. Nesse caso, David, um enfermeiro, é sequestrado e forçado a jogar um jogo de sobrevivência o qual terá que pegar a chave dentro do corpo de uma pessoa viva. Detalhe que essa cena aparece depois com Amanda Young. O orçamento baixo explica a atuação do roteirista ( Saw, Saw II, Saw III) no curta-metragem e alguns ruídos, mas a cena de tortura foi ótima, reparem que não é mostrado ele abrindo o corpo, mesmo pela falta de grana pra isso. Ver uma produção gigantesca dessa antes do sucesso é algo interessante mesmo pra quem não gosta da série. Eu gosto de Saw e um pouco de Saw II, depois Hollywood forçou a barra, mas a ideia principal achei muito bem explorada nos dois primeiros, dar valor a sua vida, mostrando seu instinto de sobrevivência, como nesse curta, que abriu a barriga de uma pessoa viva para se salvar. Se analisarmos essa atitude isoladamente, seria algo monstruoso, mas no contexto não havia saída, era matar ou morrer. Acredito que arrastou demais a série, assim como vimos as produções Hollywoodianas prolongando tudo quanto é limitado para ganhar dinheiro, é claro. Mas vale a pena conferir esse início.
Infelizmente não achei legendado, mas não é difícil entender o inglês. Portanto, treinem seu inglês!

 

Anúncios