Apesar de parecer muito com obras digitais, as obras desse grande artista contemporâneo confundem por seu estilo – realismo. Mas o artista usa pincel e tela para reproduzir aquilo que deseja. É uma obra que aparenta objetiva, por representar a realidade de forma científica – ou seja, como realmente é, registrando todos os detalhes, como se fosse só para relatar o mundo como ele é, sem máscaras, conceitos ou subjetividades impressionistas, por exemplo. Mas engana-se, na técnica realista, a filosofia não é essa. No simples, há o complexo. O difícil de entender. Antes as pinturas realistas eram ‘denúncias sociais’, mas Groshev as cria de forma diferente. São ultrarrealistas. Olhamos para ela e vemos beleza. Uma beleza do real, que não conseguimos ver, apesar de viver no mundo. Não reparamos a beleza de pequenas particularidades das pessoas…Uma pinta, as mexas do cabelo, os olhares, as curvas…. Fico pensando ao olhá-las, se ele conhece pessoas tão lindas assim, como a menininha loira que está em várias pinturas…

Anúncios