País:  França

Ano:  2010

Duração:  8 minutos

Gêneros:  Curta, Animação

Direção:  Fabrice Joubert

Roteiro:  Fabrice Joubert

Sinopse:

Numa cafeteria parisiense, um homem de negócios descobre que esqueceu a carteira e vive momentos de tensão a cada vez que tem de pedir por mais um café ao garçom. O desafio é encontrar uma maneira de arrumar dinheiro para pagar a conta.

Comentário:

“French Roast” é o tipo dos filmes que se baseiam em ter uma moral profunda por trás. Mas sendo um tema simples, a forma como foi tratado foi sutil e nos fez refletir sobre aquele ditado: “quem vê cara não vê coração” ou “não avalie o livro pela capa”. Muito interessante a forma que o diretor mostrou o desespero de um homem, aparentemente de classe média que prefere consumir mais, tentar roubar a ter a humildade de assumir que está sem dinheiro, o desespero de perder seu status. Em conflito com ele está o mendigo, símbolo máximo de humildade, que se sujeita a pedir esmolas, quem imaginaria que um mendigo pudesse salvar sua pele? Pois é, mas a sutileza que isso foi mostrado, principalmente pelo fato de ser uma animação e quase ausente de diálogos.

Anúncios