Título Original:  Tsumiki no ie

País:  Japão

Ano:  2008

Duração:  13 minutos

Gêneros:  Curta, Drama, Animação

Direção:  Kunio Katô

Roteiro:  Kunio Katô

Sinopse:

Como sua cidade é inundada pela água, um velho homem é forçado a adicionar níveis adicionais em sua casa com tijolos (cubos) de modo a ficar seco. Mas quando ele acidentalmente deixa cair seu cachimbo favorito para os níveis mais baixos de sua casa, sua busca pela tubulação, eventualmente, faz dele reviver cenas de sua vida agitada.

Comentário:

Contrário do que faz o cinema muitas vezes, Casa dos Pequenos Cubos não tem como objetivo de dar uma mensagem que apele pra emoção; e sim, trata de um tema simples, sutil, e belo.  Uma grande história de 12 minutos… Onde um senhor de idade, que vive numa cidade onde  o nível do mar vai subindo, tem que erguer mais sua casa por causa disso. Tijolo por tijolo, como antigamente. Mas acidentalmente deixa cair seu cachimbo cai na água. E como ele deu valor em recuperar o cachimbo! Poderia comprar outro, mas não… Queria aquele, foi e comprou uma roupa de mergulho. Isso mostra como as pessoas, em diferentes épocas de sua vida, dão valor pra coisas que em outro momento não terá mais aquela importância.

Ao buscar o cachimbo, começa a lembrar-se de sua mulher. Lembrar-se de sua filha, com esposo e neta. Lembra-se de como é solitário. Cada vez que desce pra casa anterior, regredi um tempo em sua vida. Cada vez que abre a ‘porta’, depara-se com seu passado, lembrando na velhice, sua vida. Com uma trilha sonora delicada acompanhando esses momentos preciosos que não se apagam da memória. Perfeito. Tocante. Triste. Real…

 

 

Anúncios