Título Original:  Dogville

País:  Dinamarca, Suécia, Noruega, Finlândia, Reino Unido, França, Alemanha e Países Baixos.

Ano:  2003

Duração:  171 minutos

Gêneros:  Drama, Mistério, Suspense

Direção:  Lars Von Trier

Roteiro:  Lars Von Trier

Elenco:

Nicole Kidman
Paul Bettany
John Hurt
James Caan

Formato:  RMVB

Tamanho:  562 MB

Legendado:  Português/BR

Sinopse:

Anos 30, Dogville, um lugarejo nas Montanhas Rochosas. Grace (Nicole Kidman), uma bela desconhecida, aparece no lugar ao tentar fugir de gângsters. Com o apoio de Tom Edison (Paul Bettany), o auto-designado porta-voz da pequena comunidade, Grace é escondida pela pequena cidade e, em troca, trabalhará para eles. Fica acertado que após duas semanas ocorrerá uma votação para decidir se ela fica. Após este “período de testes” Grace é aprovada por unanimidade, mas quando a procura por ela se intensifica os moradores exigem algo mais em troca do risco de escondê-la. É quando ela descobre de modo duro que nesta cidade a bondade é algo bem relativo, pois Dogville começa a mostrar seus dentes. No entanto Grace carrega um segredo, que pode ser muito perigoso para a cidade.

Download

Comentário:

Lars von Trier é um diretor ousado que em todos seus filmes procura inovar em algum aspecto. Em Dogville, a forma teatral, nada convencional de mostrar o vilarejo, sem paredes, portas, mostrando apenas o essencial. O narrador onisciente escancara os pensamentos dos personagens, principalmente de Tom, e visualmente invade a privacidade deles também, nos ensina a julgar a cidade de Dogville como um ser supremo analisando cada evento, cada pensamento. O filme de fato começa com seu primeiro capítulo inserindo Grace na história. O presente citado na introdução que as pessoas necessitavam para modificar a vida dos moradores em seguida chegará, chama-se Grace. O fato de ser uma refugiada e uma ameaça para o pacato vilarejo, resulta em falta de credibilidade para o povo se a jovem é ou não boa. Com a ajuda de Tom, em suas discussões utópicas sobre sociedade, filosofia, ele toma Grace como um estudo, com a desculpa de que queria ajudá-la ou para se aproveitar dela. Os habitantes sentem dificuldade em aceitá-la, dizendo não haver possibilidade de Grace ajudá-los. Sempre entra Tom para resolver os problemas, é um símbolo de sabedoria e política do local. Grace é o elemento o qual revelará a podridão da sociedade. Para turistas, assim como quando Grace chegou, por ser um vilarejo pequeno, é apaixonante por ser diferente de onde morava, na cidade grande. Mas como é dito por Chuck, qualquer sociedade é ruim, basta conhecê-la a fundo para perceber, as pessoas são aproveitadoras, passam por cima de tudo pelos seus interesses. A paixão por Dogville cegou a fugitiva, iludiu-a como um lugar perfeito para se morar. Enfim, Grace consegue unanimidade na votação e fica. Como agora não precisa provar mais nada para alguém, começa a se soltar. Aos poucos incidentes vão acontecendo e por ter um compromisso, como se tivesse devendo um favor a todos, perde os seus direitos e nem mesmo Tom, que se diz apaixonado por ela, a defende. Por isso não discute, aguenta calada, criando a antipatia e se culpa por ter se iludido quanto a Dogville. O auge do filme é a tentativa de fuga de Grace, que sendo traída por Tom e Ben, não encontra mais nenhum amigo. Todos folgavam nos serviços de Grace, seja qual for, e já sentiam necessidade, criou um mau costume, ela foi o ponto de desequilíbrio. É perceptível como é gradativa a exploração dos habitantes em relação à Grace, findando com o máximo símbolo da exploração: ESCRAVIDÃO. Com uma reflexão com seu pai sobre arrogância, Grace chegou a conclusões que mudaram seu ponto de vista e assim como Trier anuncia em seu último capítulo: o filme termina. Von Trier usou esse ambiente menor para mostrar uma civilização fácil de ser julgada, com personagens como qualquer outra sociedade. Personagens aparentemente amistosos, simpáticos, e ao verem uma oportunidade de se aproveitarem, podem hesitar a princípio, mas depois a ideia vai se consolidando e Grace sofre com essas reações, e é alvo dos prazeres carnais dos homens. As quase três horas de filme passam voando, a narrativa, o cenário, a apresentação de cada capítulo dando a premissa do que mais ou menos vai acontecer são elementos que comprovam a inovação do grande diretor dinamarquês.

Anúncios