Título Original:  Shi Gan

País:  Coréia do Sul

Ano:  2006

Duração:  98 minutos

Gêneros:  Drama, Romance

Direção:  Ki-duk Kim

Roteiro:  Jong-moo Sung, Ki-duk Kim

Elenco:

Ha Jung-Woo
Park Ji-Yeon
Kim Sung-Min
Seo Yeong-Hwa

Formato:  AVI

Tamanho:  693 MB

Legendado: Português/BR

Sinopse:

Seh-Hee (Park Ji-Yeon) e Ji-Woo (Ha Jung-Woo) são namorados de longa data. Eles estão apaixonados, mas Seh-Hee tem uma crise de ciúmes quando seu namorado se sente atraído por outra mulher. Ela está convencida de que Ji-Woo perderá o interesse no relacionamento à medida que o tempo for passando. Para prevenir o rompimento, Seh-Hee decide passar secretamente por uma cirurgia plástica, de modo que ela se torne uma ?nova mulher? para o namorado. Certo dia ela desaparece do mapa, deixando Ji-Woo magoado. Com o tempo, porém, ele vai se esquecendo de Seh-Hee e termina por se apaixonar por uma mulher misteriosa, que guarda um segredo que mudará suas vidas.

Download

Parte 1           Parte 2

Comentário:

No início do filme percebemos Seh-Hee imaginando que seu namorado não a deseja mais. Ela é uma moça bonita, estampilhada e que arruma confusão fácil quando o assunto é Jung-Woo, seu namorado, o ciúme doentio que a domina e faz demonstrar exageradamente. Sente-se comum, com um rosto entediante, corpo pequeno e não amada. O momento inicial do filme parece que ela está louca pela forma como é focado nela, a forma unilateral faz com que pensemos que é paranóica, mas com o decorrer do filme, eu acreditei que, na realidade, o diretor quis nos passar o forte sentimento de rejeição de si mesma por não estar se sentindo amada, e isso é comprovado quando ela pede para o namorado pensar em outra para poder fazer amor com ela, já que não conseguia anteriormente. Essa cena foi a mais impactante e que causa repugnância e tristeza, muito doentia essa atitude de Seh-Hee. Porém não quis que largassem, o que parece-me impressionante pensar assim após tantas adversidades.

A atitude de Seh-Hee diante dessa situação foi para ela como a única solução, sua visão estava muito encoberta e desesperada. Jung-Woo está acomodado à situação de sua relação, porém a ama, apesar de não mais demonstrar. Em vez de Seh-Hee reconquistar seu amor como é, prefere mudar fisicamente e fingir que não o conhecia à enfrentar a situação, preferiu encobri-la por trás de uma nova face, uma nova vida. Quis começar sua vida com ele do zero, porém Jung-Woo ainda está questionando o que teria acontecido, porque ela o deixara.

Inacreditável que não tenha reconhecido ela ao beijar, ao tocar seu corpo, ao dar as mãos… Talvez ele, na verdade tenha pensado tanto em Seh-Hee que não sabia se ela era realmente sua amada ou o pensamento; mas esse pensamento talvez seja muito romântico. Talvez, ele realmente não a reconheceu, pois quando a namorava não prestava mais tanta atenção por causa do tempo, estava acomodado demais. Como sempre se ouve: Só damos valor àquilo que perdemos… Frase clichê, mas não há nada que tenha passado isso dessa forma e tão real quanto nesse filme.

Depois que Jung-Woo descobre que Seh-Hee fez uma plástica, decide fazer também. Será que fez por fazer ela sentir na pele o que ele sentiu? Ou, para acompanhá-la nessa experiência? Não importa como pareçam por fora, porém ainda são a mesma pessoa, ainda se amam, não desfrutaram disso para conquistar outras pessoas, outras coisas.

O médico que realizou as três plásticas que ocorreram, era alguém antiético? Porque, apesar de saber todos os maus efeitos que isso trouxe à vida do casal, continua a realizar cirurgia? Tudo por dinheiro, é claro.

É muito triste quando, posteriormente a plástica de Jung-Woo tudo anda rapidamente até o final do filme: entre milhares de pessoas, onde ele está? Até o final não sabemos sua nova máscara…

http://www.imdb.com/title/tt0497986/

Anúncios